CONCICLO retoma atividades

em

Evento mobiliza poder público e empresários de nove cidades do setor turístico para ações coletivas

Reunião marcada para dia 14 de março, em Vassouras, será um marco na articulação e planejamento turístico regional através da retomada do CONCICLO, o Conselho Regional de Turismo do Vale do Café, formado por formado por representantes do poder público, empresários, associações de turismo e agentes do trade turístico regional.  Os organizadores do evento, que já tiveram confirmação do Secretário de Estado de Turismo Nilo Sérgio Félix, também contam com a presença dos prefeitos das cidades de Barra do Piraí e distrito de Ipiabas, Piraí, Mendes, Vassouras, Valença e distrito de Conservatória, Rio das Flores, Engenheiro Paulo de Frontin, Miguel Pereira e Paty do Alferes, selecionadas de acordo com proximidade geográfica, vocação para o turismo e pela relação com a história do café.

Na pauta estão, além da continuidade da articulação e planejamento do turismo regional, a realização do circuito “Café Cachaça e Chorinho 2017”, políticas públicas, indicadores e dados estatísticos para nortear a gestão do turismo e sinalização turística nas principais vias que dão acesso ao Vale do Café. “De forma prática, queremos por exemplo dar apoio aos municípios na construção das políticas públicas e dos marcos legais do turismo. Outra ação é a potencialização de um evento temático regional como o Café, Cachaça e Chorinho, criado pelo próprio CONCICLO, que tem um grande potencial atrativo. Precisamos explorá-lo o máximo possível e de forma integrada”, define José Luiz Junior, gerente do CONCICLO.

Seguindo a vocação da região como destino turístico nacional e internacional, que se respalda em seu histórico como maior produtor de café no século XIX, o CONCICLO foi criado no final da década de 90 pela necessidade de integração dos municípios para fortalecimento e promoção regional do setor. O órgão reinicia suas atividades estimulado principalmente pela grave crise econômica, que afeta diretamente o fluxo de turistas na região.

Uma das empresárias à frente do movimento, a hoteleira Ana Lúcia Furtado, explica que a atuação conjunta é um caminho viável e sustentável para o desenvolvimento do turismo na região. “Diante da crise que abalou o país e impactou diretamente o turismo, nos deparamos com a necessidade de pensar e agir de forma coletiva para enfrentar problemas comuns e trazer o turista para o Vale novamente. Temos experiências muito bem sucedidas em diversos lugares do mundo e do Brasil de cidades que atuaram conjuntamente e transformaram as regiões onde estão inseridas em grandes destinos turísticos”, afirma Ana Lúcia.

Sobre a importância de atuação coletiva, o gerente do órgão ressalta: “Espero que esse movimento sirva para colocar o turismo de vez na agenda dos municípios e que o Vale   do Café possa ter seu desenvolvimento turístico implementado de forma conjunta e coordenada. Temos potencial para estar ao lado dos grandes destinos turísticos do Brasil, mas precisa haver união de todos os interessados”, afirma José Junior.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s