Fazenda em Rio das Flores é estrela das histórias de ficção

Fazenda do Paraízo, que reconta a história do século XIX, é cenário requisitado na TV e no cinema.

O que a novela “Além do Tempo”, o filme “Através da Sombra” e a minissérie “Era uma vez uma história” tem em comum? Além de se tratarem de produções audiovisuais de grande audiência, as três tiveram como locação a Fazenda do Paraízo, conhecida como a “joia” do Vale do Café. Palco de diversos episódios reais da nossa história durante o século XIX, quando a região era responsável por 80% da produção do café no Brasil, a Fazenda Paraízo coleciona participações nas telas.

Faz-doParaizo-IgorAlecsander

Localizada no município de Rio das Flores, no distrito de Manuel Duarte, limite do Rio com o estado mineiro, este mês a fazenda recebe a décima equipe de audiovisual, com uma produção de peso. Trata-se da terceira temporada do seriado “1 contra todos”, exibido pela FOX Brasil. A série que alcançou, ano passado, a maior audiência da TV fechada em seu horário. Dessa vez, o personagem de Julio Andrade envolve-se com o narcotráfico, e a Paraízo ilustra a residência do chefe colombiano.

À esquerda, a equipe de filmagem da série “1 Contra todos” reunida em frente ao casarão histórico e ao lado, o casal Paulo e Simone Belford com o ator Julio Andrade, no centro.

Em 2015, com a novela “Além do Tempo”, da Rede Globo, o belíssimo caminho de palmeiras imperiais foi mostrado a todo o Brasil durante as cenas entre Lívia e Felipe, interpretados por Alinne Moraes e Rafael Cardoso. Na trama, Lívia, moça humilde que vivia no convento da cidade, apaixona-se pelo Conde Felipe, vivendo um amor impossível pelas diferenças sociais. O encontro furtivo dos dois, geralmente ocorrido no portão principal do fictício convento, deixaram à mostra a imponente fachada do casarão da fazenda construído em 1845.

Faz-doParaizo-1Alemdotempo-Divulgação

Alinne Moraes e Rafael Cardoso durante as filmagens da novela “Além do Tempo”.

Com arquitetura e objetos históricos de época, a propriedade é uma raridade em termos de autenticidade, sendo preservada pelos últimos 105 anos, quando foi adquirida pelo bisavô do atual proprietário, Paulo Roberto Belfort. O interior do casarão de mais de 2.200 m2 pode ser facilmente identificado no filme “Através da Sombra”, lançado em 2016 pela Globo Filmes. A atriz Virginia Cavendish interpreta Laura, professora de duas crianças órfãs que moram na fazenda de café de um tio. Com cenas no escritório cenográfico, é possível vislumbrar os afrescos produzidos pelo espanhol José Maria Villaronga, que retratam a Baía de Guanabara com técnica em perspectiva. Em outro momento, a personagem é mostrada em seu quarto, decorado com móveis de jacarandá e cedro e castiçal de prata, trazido da Europa. A produção, que marcou a última participação do falecido ator Domingos Montagner em um longa metragem, é a que mais revela o interior da casa sede.

O interior da Fazenda como cenário do filme “Além da Sombra”, dirigido por Walter Lima Jr. e atuação de Virginia Cavendish e Domingos Montagner.

A parte externa, onde ainda estão os terreiros de café, foi palco para a série “Era Uma Vez Uma História”, exibida pela TV Band em abril deste ano. Dan Stulbach e Lilia Schwarcz apresentam a produção histórica, que convida os expectadores a reviveram trechos da história do Brasil. Na Paraízo, foi filmado o período pré-abolição, quando os povos escravizados se rebelavam pela validação da nova lei que libertava os africanos da vida de trabalhos forçados.

Mas, para quem quiser se transportar ao passado e manter a fantasia, a visitação à fazenda é muito indicada. Em dias determinados, sob agendamento, a guia conduz a visita em trajes de época, interpretando a personagem Maria das Dores de Carvalho Guimarães, mulher do Visconde do Rio Preto, antigo proprietário. O Visconde, chamado Domingos Custódio Guimarães, adquiriu a terra em 1842 e transformou a Fazenda do Paraízo em um dos mais prósperos estabelecimentos do Vale do Paraíba. Visionário, ele investiu em diversas modernidades, como um maquinário de beneficiamento de café movido por um moinho d’água, que continua em perfeitas condições, e a instalação de iluminação à gás, outra raridade para época, chegando à Paraízo antes mesmo de chegar à corte.

Faz-doParaizo-Divulgação

Antiga tulha e maquinário de beneficiamento de café americano, raridade conservada na região.

O tour inclui as salas comerciais e sociais, com passagem pela capela, alcovas e cozinha, que preserva o fogão à lenha até hoje utilizado pela família. É ele que prepara as receitas típicas de fazenda, servidas aos expectadores ao final do passeio.

Fogão à lenha e lanche bom bolos, pães e tortar servidos ao final da visita à fazenda.

Cenário na ficção, o casal Paulo Roberto e Simone Belfort desejam que a Paraízo seja testemunha de romances da vida real: a fazenda oferece sua ampla área externa e tulha reformada para realização de cerimônias de casamentos, festas e renovação de votos. Fica a sugestão para quem quer celebrar o amor em um verdadeiro cenário de novela!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s